contas inicio de ano

Como se planejar para as contas de início de ano? Entenda cada uma delas!

Janeiro é o mês da renovação, da energia boa do verão e de novas metas para um ano que se inicia. Mas nem só de alegrias vive esse primeiro mês. Janeiro também é tempo de receber as contas de início de ano. Impostos, taxas de matrícula, seguro, fatura do cartão de crédito com os presentes de Natal e os gastos das férias, dentre outros. Com tantos gastos extras, muitas pessoas costumam ter dificuldades de se organizar para pagar as contas.

Por isso, hoje trouxemos dicas para que você conheça cada uma das contas de início de ano que deverá pagar nesta época e como se planejar financeiramente para evitar um possível endividamento. Olha só!

Conheça as contas início de ano e planeje-se

Listamos as principais contas típicas desta época do ano para que você possa incluir no seu planejamento financeiro pessoal e se programar para não perder nenhum pagamento.

IPVA

Quem tem um automóvel sabe que é em janeiro que começa a escala de vencimento do Imposto sobre Veículo Automotor (IPVA). Cada Estado possui uma data para pagamento e ela também varia conforme o número final da placa do veículo. Por isso, é importante que você consulte o site do DETRAN ou da Secretaria de Fazenda do seu Estado (no qual o seu automóvel está registrado).

O valor do imposto é calculado de acordo com o valor que seu automóvel teria se fosse vendido na data do vencimento. Você pode pagar o IPVA à vista – e, geralmente, consegue um desconto de 3% sobre o valor total – ou em parcelas. Alguns Estados também oferecem descontos caso você não tenha cometido nenhuma infração de trânsito no último ano. A alíquota vai depender das definições do governo do seu Estado.

IPTU

Se você não tem um automóvel, não precisa se preocupar com o IPVA. Porém, quem é proprietário de um imóvel ou terreno, deve pagar no início do ano um outro tributo: o IPTU – Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana.

O imposto é cobrado anualmente pelas Prefeituras, mas, muitas vezes, pode ser pago em até 10 meses. Porém, se você pagar à vista, terá um desconto de, geralmente, 3%. O valor é baseado no valor de venda do imóvel, além do tipo de propriedade (se é residencial, comercial ou um terreno), quantos anos possui, a região e a cidade em que está localizado.

Você receberá em janeiro um boleto para pagamento enviado pela Prefeitura do seu município e pode pagar pela internet ou no seu banco.

E se moro de aluguel?

Quando se tem um apartamento alugado, é normal que os inquilinos repassem o valor do IPTU ao locatário, mas é preciso entender como é o contrato junto à corretora de imóveis. É comum que os proprietários dividam o IPTU em parcelas mensais para facilitar o pagamento por parte do locatário e para evitar que ele tenha que pagar por mensalidades mesmo se mudar do imóvel.

Se esse for o seu caso, lembre-se de incluir esse gasto mensal em seu planejamento financeiro como uma despesa fixa. Assim, você já se programa para guardar esse dinheiro todo mês para pagar o imposto sem faltas.

Matrícula e materiais escolares

Além dos impostos, muitas contas de início de ano existem decorrentes do modo de vida que levamos. Se você vai à faculdade, tem filhos na escola ou faz algum curso, provavelmente terá que pagar uma taxa de matrícula para iniciar os estudos. Isso porque o ano letivo no Brasil começa, geralmente, em fevereiro ou março.

Consulte o valor da matrícula na instituição de ensino e lembre-se, também, de considerar o valor de materiais escolares, como livros, cadernos e outros itens de papelaria ou até eletrônicos. Parece pouco, mas ao somar esses gastos, você terá um bom montante ao começar o ano.

Gastos com férias e presentes de Natal

Janeiro também é o momento de pagar a fatura do cartão de crédito com os gastos com a ceia de Natal, presentes para a família e com as viagens de férias. Ao fazer seu planejamento financeiro, não se esqueça de incluir todos os gastos, como:

  • Presentes de Natal e “amigo oculto”;
  • Ceia de Natal e Ano Novo;
  • Passagens de avião ou ônibus ou combustível do carro;
  • Revisão do carro;
  • Hospedagem no destino;
  • Gastos com alimentação, passeios e compras.

Como não perder o controle financeiro nessa época?

Como você pôde ver, são muitos os gastos, mas não é preciso se preocupar. Existem algumas estratégias para organizar suas finanças e não cair em ciladas nessa época do ano. Separamos dicas para te ajudar:

Use seu 13º salário

O 13º salário é uma excelente fonte para suprir os gastos de início de ano, uma vez que corresponde a uma remuneração extra que chega até dezembro. Por isso, uma dica é reservar esse valor para arcar com as despesas que você terá em janeiro e fevereiro.

Pesquise bem

Antes de fazer compras no fim do ano e reservas de viagem de férias, pesquise bastante. Com a facilidade da internet, é possível atualmente comparar preços de passagens e hotéis, além de encontrar preços mais baixos de compras em sites como o Buscapé ou o próprio Google Shopping.

Planeje-se

O segredo para ter controle financeiro é se planejar. Tendo consciência de quanto é o seu ganho mensal e quais são as suas despesas fixas e variáveis, você consegue estipular quanto deverá guardar para arcar com os gastos dessa época do ano. E, se perceber que o dinheiro não vai ser suficiente, pode cortar gastos dispensáveis ou até aqueles “invisíveis”, como gastos com aplicativos de delivery, assinaturas de serviços de streaming e outros que você nem percebe saindo do seu cartão de crédito.

Se possível, evite também parcelar no cartão. O pagamento à vista garante compras sem juros e evita um descontrole nas faturas seguintes.

O planejamento feito durante todo o ano permite que você visualize sua situação financeira de forma mais tangível e possibilita remanejar seus gastos para lidar com as contas de início de ano.

Mesmo com planejamento financeiro você ainda vai precisar de uma forcinha com as contas de início de ano? Conheça o empréstimo consignado da EmCash!

Veja também: Desafio 52 semanas: como ter dinheiro no bolso daqui a um ano? 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.